O Urubu e o Pavão

Acho que a onda mais chata e hipócrita dos últimos tempos tem sido a onda do “politicamente correto”. Pombas!!! Ou uma coisa é certa, ou ela é errada o que sai disso é balela. Então, caro leitor (a), com a sua devida licença,  eu posto hoje uma historia, achada na internet,  que é sem duvida politicamente INCORRETA mas muito engraçada!
 Porque você a de convir comigo...  Uma vida Extraordinária DE FATO,  nem sempre vai ser politicamente correta, mas certamente vai ter graça, sinceridade e MUITO SENSO DE HUMOR.
 
O Urubu e o Pavão

Tem um conto japonês milenar que é mais ou menos assim:

Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão.

Certo dia, o Pavão refletiu:
- Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e
exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza.
Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.

O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:
- Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda
tenho que voar e ser visto por todos, quem me dera ser belo e vistoso
tal qual aquele Pavão.

Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante idéia em comum e se
juntaram para discorrer sobre ela: um cruzamento entre eles seria ótimo
para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a
graciosidade de um Pavão.

Então cruzaram... e daí nasceu o Peru:
QUE É FEIO PRA CACETE E NÃO VOA!
Moral da história:

Se a coisa tá ruim, não inventa!!!

Gambiarra só dá merda!!!

Outubro, mês de prevenção ao Bullying


Nos EUA o mês de outubro é o mês de prevenção à intimidação... Ou se você preferir "prevenção ao bullying".

As vezes penso que aqui no Brasil nós adotamos a palavrinha bonita "bullying" mas realmente não temos nos conscientizado em diminuir essa pratica nos ambientes sociais... Somos um povo alegre e extrovertido. Faz parte disso fazer brincadeiras e tirar sarro... Mas em tudo ha um limite. Não sei se é necessário instituir no Brasil um mês anti-Bullying. Em tese, bastaria um pouco de empatia e boa educação para coibir essa pratica horrível. Na pratica talvez só a coação aos agressores faça efeito.

O vídeo a seguir mostra um digno exemplo de educação e boa postura de uma pessoa que sofreu bullying. Se eu fosse o seu agressor eu realmente estaria muito envergonhada nesse momento.

O que eu realmente não entendo é o porque as pessoas obesas são normalmente atacadas com tanta agressividade. Quando não nas palavras nos olhares. Se ser obeso é um maleficio somente a quem é gordo por que as outras pessoas se incomodam tanto?

O que as pessoas ainda não se deram conta é que existe uma doença muito mais grave do que a obesidade. O PRECONCEITO!

É nessa hora que quem sofre preconceito precisa ter a dignidade de saber exatamente quem é, qual o seu papel no mundo, saber os seus direitos e responsabilidades e assumi-los com a mesma classe que fez essa repórter.

Pra quem não entende inglês eu vou resumir o que aconteceu e o que ela fala no vídeo.

Ela recebeu um e-mail de uma pessoa dizendo que ela tem uma forma inadequada para estar na mídia por estar a anos acima do peso. Em resposta a apresentadora, além de deixar claro que o remetente da ofensa não a conhecia pessoal e/ou profissionalmente para dizer se ela era adequada ou não ao o que quer que fosse, ela salientou que esse mês nos EUA é o mês anti-bullying e que devemos ficar atentos as proporções que nossos comportamentos estão tomando. Ela alertou ao seu agressor que da forma que ele (a) a chamou de gorda, seus filhos poderiam estar a fazer o mesmo em suas escolas pois as crianças agem de acordo com o exemplo dado por seus pais. A apresentadora do telejornal da CBS alerta ainda para o fato da internet estar se tornando uma arma e com isso as escolas um campo de batalha.

Parabéns a jornalista Jennifer Livingston, seu exemplo foi SENSACIONAL!!

Minhas fotos e pensamentos: Soberania mensurável?


As bandeiras da União Europeia e de Veneza... Entre as duas a bandeira da Itália...
O legal dessa foto é o fato da bandeira da Itália estar escondida. A foto não foi proposital no sentido de esconder a bandeira do pais, mas foi proposital no sentido de mostrar o quanto a União Europeia é importante para os Países membros. Se num pais como o Brasil, EUA e qualquer outro, que não esta dentro de uma organização como a UE, vemos as Bandeiras do Pais, do Estado e quando muito da Cidade... O Fato de vermos a bandeira da UE em todos os países membros significa que eles são menos soberanos que nós? Porque?... Relações Internacionais na veia! Coisas que você vê e sente de uma maneira única quando esta  "IN LOCO". Apesar de essencial, só a sala de aula não é o bastante. Você precisa ir, ver e sentir na pele coisas fora do seu país para melhorar a sua compreensão do ambiente internacional.

Postagens populares

conteúdo protegido

myfreecopyright.com registered & protected

seguidores